2022-09-22

É possível encontrar harmonia mesmo na azáfama quotidiana

Shoukei Matsumoto é um monge que vive num templo budista, mas a sua vida não se distancia assim tanto da vida de uma pessoa comum. À exceção do seu trabalho um pouco fora do normal, Shoukei Matsumoto também é alvo do «ruído» existente na vida quotidiana. A diferença é que o autor consegue manter uma mente tranquila, não permitindo que fatores exteriores perturbem o seu mundo interior.

Partilhar:

A vida moderna, cheia de estímulos e distrações, pode fazer com que nos distanciemos do nosso caminho, sentindo-nos muitas vezes perdidos, impelidos a correr atrás de algo que nos foi imposto, mas sem percebermos as verdadeiras razões dos nossos atos. E, sobretudo, sem dedicarmos tempo à reflexão, a absorver as nossas experiências e a aprendermos com elas.

À luz dos ensinamentos budistas, este livro convida-nos a parar, refletir e aprender a tornarmo-nos mais conscientes e tranquilos.

«Há verdades que o nosso egoísmo nos impede de ver claramente. Uma é que tudo está em constante mutação, incluindo nós próprios. Outra é que as coisas nunca correrão como desejamos. Aceitar estas verdades ajudará a acalmar a nossa mente.»

Este livro publicado pela Pergaminho chega às livrarias no dia 11 de agosto.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK