2018-04-17

«A Arte da Astrologia»: um guia prático para ler o horóscopo e descobrir as origens da arte milenar

Anna Southgate apresenta em detalhe os perfis dos signos do zodíaco ocidental, explorando também as raízes da astrologia

Partilhar:
O interesse pela astrologia começou, possivelmente, há mais de 7 mil anos, fazendo desta a primeira ciência exata a ser estudada pela Humanidade. Com «A Arte da Astrologia», que chega às livrarias a 20 de abril, Anna Southgate apresenta-nos um guia excelente para os curiosos pela astrologia, ensinando a conhecer e a perceber os perfis dos signos, bem como a descobrir as origens desta arte milenar. 

Ilustrado e com informações detalhadas, mas não exaustivas, este livro explora as raízes da astrologia, revelando como esta está intimamente ligada ao desenvolvimento das mitologias nas primeiras culturas do mundo. 

Sabe-se que o zodíaco moderno, de 12 signos, teve origem na Babilónia, tornando-se influente em grande parte do mundo, menos na Índia e da China, e sendo até ao século XVII sinónimo da astronomia. No entanto, a partir dessa época, a credibilidade da astrologia decaiu, enquanto o conhecimento científico se impunha. 

Assim, «A Arte da Astrologia» começa por explorar os inícios desta atividade divinatória, debruçando-se em seguida nos perfis dos 12 signos do zodíaco ocidental, apresentando em detalhe as suas características gerais, descrevendo a personalidade feminina e a masculina de cada um, e fazendo uma análise do estilo de vida, preferências, aversões e escolhas que mais se associam a cada signo.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK